Em novembro de 2020, a EUROJUST publicou o tão esperado Relatório sobre os casos da Eurojust no domínio da Decisão Europeia de Investigação.

A EUROJUST afirma que “o relatório indica claramente que a DEI ainda não funciona como uma máquina bem lubrificada. Existem igualmente vários problemas em curso ao longo do ciclo de vida da DEI. Na grande maioria dos casos tratados pela Eurojust, as questões mencionadas ao longo do relatório foram resolvidas e as DEIs puderam ser executadas com sucesso. Com base nos casos da Eurojust, foram identificadas soluções e melhores práticas, mas o relatório também destaca alguns desafios que devem ser conhecidos e apresenta as principais conclusões alcançadas bem como propostas de recomendações.”