Em julho de 2021, a Comissão publicou o há muito aguardado relatório sobre a aplicação da Diretiva 2014/41/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 3 de abril de 2014, relativa à decisão europeia de investigação em matéria penal, COM (2021) 409 final.

O Relatório é composto por cinco capítulos: introdução, avaliação geral, pontos específicos de avaliação, recolha de dados e conclusão. Temos o prazer de informar que a maioria das conclusões da comissão refletem as nossas próprias conclusões, que podem ser encontradas no Relatório Comparativo Internacional EIO-LAPD. Nesta breve contribuição, queremos mostrar um ponto de divergência interessante entre os dois relatórios. Este ponto de divergência diz respeito ao regime linguístico.